receba dicas de fotografia
gratuitamente
no seu email! Cadastre-se:


Fotografando Paisagens: a hora mágica

Sabe aquelas fotos magníficas de paisagens que aparecem em revistas consagradas como a National Geographic? Sabe o que elas têm em comum? 99% delas foram tiradas na hora mágica.

Foto feita durante a Hora Mágica
Oslo | ISO 100 | 10mm | f/4.5 | 1/160

É a hora em que as cores ficam mais agradáveis, a saturação lindamente aumentada, os detalhes e texturas revelados e as sombras suaves.

A Hora Mágica é mais ou menos meia hora antes e depois do nascer do sol e meia hora antes e depois do pôr do sol.

“Mais ou menos” pois depende de onde você está e em qual época do ano. Em Curitiba, no inverno, a hora mágica dura bastante tempo pois o sol já está bem baixo durante o dia inteiro. A mesma regra serve para qualquer local mais longe do Equador.

É preciso muita observação e ser rápido: durante a Hora Mágica a luz muda a cada minuto.

Para que fotos de Paisagens fiquem bonitas essa não é uma dica: é uma regra. Se você procura a perfeição ao fotografar Paisagens a primeira coisa a se fazer é fotografar na hora mágica. Não é exagero meu! Obviamente existem exceções – mas a iluminação deste horário é o que faz a diferença entre uma foto bonita e uma foto fantástica.

Iluminação fantástica!

O motivo para isso é a luz. Durante esses momentos a luz do sol tem uma incidência que deixa o clima perfeito para fotos de paisagens:

  • Cores: as cores ficam lindamente mais saturadas e a riqueza de tons é muito maior. É a coloração mais rica do dia.
  • Sombras: a posição do sol faz com que sombras fiquem suaves e alargadas, delicadas… isso também ajuda a mostrar delicamente todas as texturas de terra, água e construções.
  • Contraste: o contraste nos elementos da paisagem fica reduzido e mais delicado.

Sol abaixo ou acima do horizonte?

A luz com o sol abaixo no horizonte (logo antes de nascer ou logo depois de se pôr) traz uma riqueza de cores e texturas muito interessantes. Mas quando o sol está acima do horizonte também é possível fazer fotos bonitas se utilizando dos  primeiros/últimos raios de sol, que fazem sombras alongadas e interessantes além de uma luz quente e aconchegante.

Lembrando que mesmo se estiver nublado é possível “usar” a hora mágica: mesmo sem ver o Sol conseguimos ver a diferença de cores na foto.

Exemplos

Abaixo uma sequência de fotos do mesmo céu tiradas com apenas 10 minutos de diferença entre elas, durante o pôr do sol:

e20090429_0051

Neste dia o sol se pôs mais ou menos no momento da segunda foto. Lembre-se que depois do show do pôr do sol ainda temos algum tempo de luz – ainda mais linda do que no momento exato! Até que o céu vire um breu completo as cores vão variando e algum desses momentos pode resultar em fotos muito legais!

Parque Tanguá

Se você quer uma foto impecável de paisagens lembre-se: nada de sol a pino! Fotografia de Paisagem é na hora mágica.


Gostou deste post ou ele foi útil para você? Então compartilhe ou faça uma doação de qualquer valor para o blog :-)

Não concorda? Envie seu post contando o seu ponto de vista para guestpost@dicasdefotografia.com.br. Se ele estiver de acordo com a linha editorial do blog poderemos publicá-lo.

Por que este blog não possui mais comentários?
Não tenho uma equipe para responder todos os comentários e já existem muitos meios de interação na internet: fica difícil conseguir acompanhar todos e fico triste de não poder responder todo mundo. Por isso, procuro centralizar a interação em uma só plataforma e buscar algo mais colaborativo. Hoje, esta plataforma é a Página do DDF no Facebook. Se quiser, também pode enviar um bom e velho email.