Dicas de Fotografia

Preciso de uma lente com estabilizador de imagem?

Já escrevi sobre como escolher sua lente com informações iniciais interessantes para quem quer comprar suas primeiras objetivas. Mas muita gente chega até mim com dúvidas relacionadas ao estabilizador de imagem (IS nas Canon, VR nas Nikon.)

Resolvi então juntar essas dúvidas e, quem sabe assim, ajudar quem está com o pé atrás na hora da decisão de comprar uma lente com ou sem essa funcionalidade.

O que é esse tal de estabilizador de imagem (IS ou VR)?

Nada mais é do que um mecanismo que diminui as “tremidas” que damos ao segurar a câmera.

foto COM e foto SEM estabilizador de imagem.

foto COM e foto SEM estabilizador de imagem.

Uma das partes óticas móveis da lente fica dançando lá dentro e compensa assim os pequenos movimentos externos que fazemos quando estamos segurando uma lente de distância focal longa somente com as mãos e sem ajuda de um monopé ou tripé. Você pode ver como funciona o sistema IS da canon, por dentro da lente, neste vídeo aqui.

Abaixo um vídeo que mostra direitinho a diferença:

Para quê serve?

O estabilizador serve para compensar este balanço que fazemos ao segurar a câmera. Ele pode atrapalhar a foto quando estamos usando uma lente teleobjetiva (em lentes normais ou grande-angulares esse balanço não faz tanta diferença.)

Não sabe o que é essa tal de teleobjetiva? Clique aqui para saber.

Segundo a Canon lentes com IS permitem o uso de um tempo de exposição 2 stops maior que o normal sem que o resultado fique tremido. Todas as lentes com estabilizadores mostram mais ou menos a mesma melhora.

Lembra daquela regrinha rápida de definir o tempo de exposição de acordo com a distância focal? Podemos usá-la aqui para ilustrar: digamos que estamos falando de uma 200mm. De forma prática podemos considerar que para conseguir uma imagem nítida usando esta lente é preciso usar pelo menos 1/200. Com o estabilizador essa velocidade pode ir para 1/60 sem comprometer a nitidez. Essa regrinha não é exata, mas é boa para usarmos como base para fazer as contas de cabeça. Eu costumo adicionar um tempinho a mais só para ter certeza, então nesta lente eu usaria pelo menos 1/250 sem IS e 1/100 com IS.

O estabilizador também ajuda a visualizar melhor o resultado final através do visor, mesmo se você estiver usando um tempo de exposição rápido o suficiente. Isso também serve para quem faz filmagens com DLSR: o resultado dos vídeos é bem mais constante.

Resumindo, o estabilizador serve para:

Para quê não serve?

Acho que o mais importante a ser dito, além dos motivos para usar o estabilizador, são os motivos e situações quando não usar.

O erro mais comum é achar que o estabilizador ajuda a fotografar assuntos em movimento. Como já expliquei lá em cima não é bem assim que funciona: ele ajuda a compensar movimentos de quem está fotografando, não do assunto. Para conseguir fotografar assuntos em movimento (carros, pessoas, etc) é preciso trabalhar com um tempo de exposição adequado. Não há estabilizador que resolva nesse caso!

Além disso é bom lembrar que se você está em uma situação ideal (usando um tempo de exposição rápido o suficiente) o estabilizador não vai fazer diferença no resultado final.

Por fim, em situações onde a câmera não está realmente se movendo (como em um tripé) ou que você quer movimento (como ao criar pannings), é melhor desligar o estabilizador ou ele pode mais atrapalhar do que ajudar.

Resumindo, você não precisa de estabilizador para:

Algumas lentes mais modernas possuem modos de estabilizador mais inteligentes, que percebem quando você está movendo de propósito, quando a câmera está em um tripé, etc… Mas mais fácil que isso é simplesmente desligar o estabilizador quando você não precisa, afinal nenhuma lente é mais inteligente do que a pessoa que a está utilizando. ;-)

Devo comprar uma Lente com estabilizador?

É só fazer a primeira pesquisa para compra de lentes e percebemos a enorme diferença entre os preços de lentes com e sem IS/VR. Por isso é bom você analisar bem suas necessidades na hora de definir se vale a pena ou não fazer esse investimento. Se pergunte:

Vou fotografar em situações extremas de luz a ponto de 2 stops fazerem diferença?

Para quem fotografa casamentos e costuma usar lentes teleobjetivas para fotos mais espontâneas o estabilizador pode vir a calhar. Igrejas, salões e restaurantes não costumam ser perfeitamente iluminados e ganhar 2 stops pode realmente fazer diferença.

Já para quem faz fotos externas durante o dia ou faz fotos com flashes ou em estúdio, o investimento pode não valer a pena. Nessas situações dificilmente vai ser necessário usar um tempo de exposição muito longo.

compartilhe

sobre a autora

De mãos vazias, Claudia Regina segura a pá. Anda a pé, montada no touro. Cruza a ponte, e ela flui, mas a água não.

claudiaregina.com

anúncios

   http://cursodefotografia.org

quer aprender a fotografar? baixe o livro do
Dicas de fotografia.

é grátis.

↓ eu quero!

perguntas frequentes sobre
fotografia