receba dicas de fotografia
gratuitamente
no seu email! Cadastre-se:


Presets do Lightroom: o que são e como criar

Um dos primeiros textos que escrevi foi sobre o uso de Ações no Photoshop. Ações são como “macros” – você grava tudo que faz repetidamente e depois com um só clique consegue com que o Photoshop faça automaticamente.

Depois que passei a usar o Lightroom muito mais do que o Photoshop (agora edito 99% das fotos exclusivamente no Lightroom) chegou a hora de recriar algumas “ações” lá. No Lightroom as “ações” funcionam de forma diferente, mas o princípio é o mesmo: otimizar seu tempo.

O que são Presets?

São pré-definições de edição. Digamos que você trabalhe com o Lightroom para deixar uma foto em Preto e Branco: você vai passar para PB, vai mudar as configurações de cor, de contraste, profundidade, vinhetagem… e tudo isso vai resultar em uma foto linda!

Mas digamos que depois você queira fazer uma outra foto em Preto e Branco. Você tem que mudar as configurações de cores, contraste, profundidade, vinhetagem… tudo de novo!

É aí que entram os Presets: tudo que você usa regularmente pode ser salvo, e assim você não perde tempo com tarefas repetitivas!

Como usar de forma adequada?

Mas existe um porém que muitos editores empolgados esquecem: presets são pontos de partida. Toda foto é diferente e por isso não adianta baixar 1000 presets em sites aleatórios e achar que eles vão resolver seu problema. Esse é um dos pontos que me impedem de distribuir presets aqui no DDF: muita gente baixa o preset, joga em qualquer imagem e acha que a foto tá pronta.

Não é assim que funciona!

1. Assim como as ações é importante que a ferramenta te ajude a otimizar seu tempo, mas que você saiba se virar sem ela.

2. Existem pré-definições adequadas para paisagens, para retratos, para still, e por aí vai… não adianta tentar usar um preset que foi feito para fotos com pessoas na natureza em uma foto de produto em estúdio, por exemplo.

3. Um preset não resolve a edição de uma foto. Depois de usar um preset você vai olhar para a foto e ver o que mais precisa ser feito. Um ajuste de contraste pelo Preset em uma foto pode ficar legal, mas em outra foto será preciso aumentar ou diminuir essa configuração. Não confie 100% no resultado de um preset, nem aquele que você mesmo criou, pois cada foto é diferente e precisa de uma edição específica.

Como criar um preset?

Agora vamos ao que interessa! Como criar um preset? Veja no vídeo abaixo:

– Depois de usar só musiquinhas leves para os vídeos resolvi colocar uma baladinha dessa vez :P Assim fica mais animado, o que acham? rs

(quem recebe os artigos por email poderá ver o vídeo clicando aqui)

Clique aqui para fazer o download do Preset criado no tutorial. Mas lembre-se de usá-lo observando cada configuração, e o que ela fez no resultado final da foto :) Para instalar simplesmente clique com o botão direito na sua pastinha de Presets e clique em “Import” – selecione o arquivo e pronto! – se quiser um passo a passo veja o vídeo “Como instalar Presets” do Lightroom Brasil.

Por
Claudia Regina


Gostou deste post ou ele foi útil para você? Então compartilhe ou faça uma doação de qualquer valor para o blog como agradecimento :-)