receba dicas de fotografia
gratuitamente
no seu email! Cadastre-se:


Fotografia Sensual: Diferenciando o Vulgar do Sensual

Diferenciar o vulgar do sensual pode parecer algo bastante complicado à primeira vista, mas não vou discutir a parte “subjetiva” da diferença entre os dois, e sim a diferença prática usando foco e luz. Depois, partimos para a direção!

O “sensual”, na nossa fotografia, vai se diferenciar do vulgar escondendo mais do que mostrando! Vamos ver como conseguir isso.

Foco

Ter uma lente bastante clara não te ajuda somente na hora de fotografar com pouca luz, mas também te ajuda a conseguir uma profundidade de campo curta e assim adicionar mais mistério na imagem de um corpo. Focando somente no rosto, por exemplo, você “mostra mas não mostra” o que está embaçado, trazendo a sensualidade à tona.

Iluminação

A luz utilizada também seguirá o mesmo objetivo: esconder bastante e mostrar um pouquinho! Por isso use e abuse de sombras para adicionar mais mistério.

Direção

A direção, já “iniciada” no post anterior deixando sua modelo mais à vontade, deve seguir a direção tradicional de um ensaio feminino, adicionando alguns “olhares 43” (que dependendo da sua modelo deverá ser mais trabalhado ou “brincado” para ficar natural.) A regra aqui é não forçar: não forçar um olhar muito sensual, não forçar uma pose muito desconfortável e não forçar algo que a modelo não é. Se não mantermos a naturalidade e estilo de cada modelo o resultado pode acabar ficando brega. Fazer fotos de olhos fechados ou olhando para baixo ajuda sua modelo a ficar mais confiante.

Você pode “brincar” de diferenciar fotos sensuais de fotos vulgares em sites como o Paparazzo (NSFW). Nos ensaios de sites e revistas deste tipo existe uma mistura de fotos sensuais e fotos bem vulgares. Você pode usar como exercício para treinar o olhar!


Gostou deste post ou ele foi útil para você? Então compartilhe ou faça uma doação de qualquer valor para o blog :-)

Não concorda? Envie seu post contando o seu ponto de vista para guestpost@dicasdefotografia.com.br. Se ele estiver de acordo com a linha editorial do blog poderemos publicá-lo.

Por que este blog não possui mais comentários?
Não tenho uma equipe para responder todos os comentários e já existem muitos meios de interação na internet: fica difícil conseguir acompanhar todos e fico triste de não poder responder todo mundo. Por isso, procuro centralizar a interação em uma só plataforma e buscar algo mais colaborativo. Hoje, esta plataforma é a Página do DDF no Facebook. Se quiser, também pode enviar um bom e velho email.