receba dicas de fotografia
gratuitamente
no seu email! Cadastre-se:


Fazer curso ou aprender por conta?

Não dá nem para contar a quantidade de pessoas que me perguntam isso! Vale a pena fazer um curso de fotografia ou dá para aprender tudo sozinho? A resposta, para variar um pouquinho, é:

Depende de você!

Se existem essas duas opções é porque tem gente que prefere uma ou outra, certo? Tem pessoas que são mais produtivas aprendendo em um curso, e tem pessoas que são mais produtivas aprendendo por conta.

E como saber o seu perfil?

Normalmente quem é autodidata tem muita paciência para filtrar informações. Hoje, com a internet, é fácil fazer uma busca e encontrar milhares de resultados. Mas é preciso muita paciência, pois quando queremos aprender algo não sabemos nem o que pesquisar. Por isso pesquisamos algo bem genérico (como “aprender a fotografar”) e daí vamos clicando em links, indo para outras páginas e descobrindo o mundo de coisas que precisam ser aprendidas. Não pense que é mais vantajoso: o dinheiro que você deixa de gastar em um curso você perde em tempo – filtrando muitas informações. Eu sou esse tipo, fico horas indo de um lado pra outro, às vezes aprendendo coisas que nada têm a ver com o que eu queria aprender de início.

Ao contrário do que muitos pensam cursos não servem para ensinar tudo sobre fotografia. Cursos servem para te mostrar o caminho. Aí você ganha tempo, pois sabe exatamente o que precisa aprender. E o melhor: tem alguém para perguntar assim que uma dúvida chega! Sem dúvida é mais rápido e é como aprender pegando atalhos. Outra vantagem dos cursos é ter ali, na sua frente, exemplis físicos do que é ensinado. Aprender por imagens em um livro ou em uma tela necessita de bastante poder de imaginação!

Uma dica: leia meu Guia “Aprenda a Fotografar em 7 Lições” – se você conseguiu entender os princípios da fotografia só com ele (nem que para isso tenha sido necessário fazer algumas buscas no google) é porque seu perfil é mais autodidata. Se você pensou o tempo todo que queria tirar dúvidas com alguém e que seria melhor aprender ao vivo e à cores, com exemplos e tudo, melhor partir para um curso!

Cursos e workshops também são Networking

Uma vantagem dos cursos e workshops é a rede que você faz. Ter professores e colegas para conversar, trocar ideias, experiências e fazer parcerias não tem preço. Por isso mesmo que você queira pular o curso básico, não deixe de participar de outros eventos.

Minha história

Vou contar como funcionou pra mim, para vocês verem como cada um tem sua história:

Quando cheguei para a entevista em um estúdio de fotografia, para trabalhar com design/edição de fotos, meu chefe perguntou: você fotografa? Eu disse que só por hobbie. Até lá eu não imaginava que era possível uma pessoa como eu ser ser “fotógrafa”. Não imaginava que eu teria a capacidade de usar câmeras enormes cheias de botões, etc. Para mim fotografia era um bicho de 7 cabeças.

De repente, não mais que de repente, eu me interessei por fotos. Estava lá, todo santo dia, trabalhando em um estúdio fotográfico, e acabei me interessando. Minha chefe tinha uma coleção de revistas, apostilas e livros antigos de fotografia no depósito e, como eu almoçava por ali mesmo e sempre sobrava tempo no horário de almoço, resolvi começar a ler esse monte de coisa. Em poucas semanas já tinha “matado” todos os livros e revistas! rs…

Comecei a treinar com uma câmera analógica, também da minha chefe, coisas como composição e foco. Estudei, estudei, estudei. Observei, observei, observei. Um dia pensei: preciso urgentemente de uma câmera para colocar tudo isso em prática!

Com muito esforço e economia (eu ganhava bem pouquinho) comprei minha câmera. Antes mesmo dela chegar eu já fiz o download do manual e li de cabo a rabo. Quando a câmera chegou meus olhinhos brilharam e comecei a colocar o estudo em prática. Pelo menos eu já sabia exatamente como usá-la, pois o manual estava grudado na minha cabeça!

Na prática vi que era beeeeem mais difícil do que parecia! rs…

Pois bem, a partir daí meus chefes começaram a me levar nos eventos (primeiro só para segurar luz, e depois, olha que orgulho, como segunda fotógrafa!!!!) e assim fui aprendendo bastante na prática.

Depois disso, quando comecei a seguir carreira solo, vi a necessidade de aprender mais com a experiência dos outros. E é aí que entram os Workshops! Não fiz nenhum curso oficial de fotografia, mas sempre que posso participo de workshops para me atualizar. O último foi a uma semana atrás, no Wedding Brasil. Dependendo da sua experiência você vai aproveitar mais ou menos as lições “técnicas” dos workshops, e passar a prestar atenção nas experiências.

Você decide se faz um curso de fotografia inicial ou não, mas nunca deixe de montar sua rede! :)


Gostou deste post ou ele foi útil para você? Então compartilhe ou faça uma doação de qualquer valor para o blog :-)

Não concorda? Envie seu post contando o seu ponto de vista para guestpost@dicasdefotografia.com.br. Se ele estiver de acordo com a linha editorial do blog poderemos publicá-lo.

Por que este blog não possui mais comentários?
Não tenho uma equipe para responder todos os comentários e já existem muitos meios de interação na internet: fica difícil conseguir acompanhar todos e fico triste de não poder responder todo mundo. Por isso, procuro centralizar a interação em uma só plataforma e buscar algo mais colaborativo. Hoje, esta plataforma é a Página do DDF no Facebook. Se quiser, também pode enviar um bom e velho email.