receba dicas de fotografia
gratuitamente
no seu email! Cadastre-se:


Entendendo a diferença entre uma Grande Angular e uma Tele Objetiva no carro

Grande Angulares e Tele Objetivas são os nomes de tipos de Lentes de acordo com a sua Distância Focal (se não sabe o que é distância focal, leia aqui.) Porém eu sempre achei um bicho de sete cabeças entender isso. Eu não sou uma fotógrafa das antigas: quando comecei a fotografar a sério e comprei minha câmera com lentes trocáveis (“intercambiáveis”) eu vim das camerazinhas digitais, por isso só sabia que existia um tal de “Zoom”, e mais nada.

Depois de dar uma lida até consegui entender que Grandes Angulares eram lentes com “visão mais aberta” enquanto Tele Objetivas eram lentes com “visão mais aproximada.” Mas ainda não conseguia entender as características delas. É aí que entram os Retrovisores do Carro! Duvido que depois dessa alguém saia daqui sem entender! :D

Driving The Volvo

Pense nos retrovisores do carro como se fossem lentes…

Os retrovisores laterais tentam nos dar uma visão bem aberta do que está na nossa lateral, para que saibamos se tem alguém vindo do nosso lado ou não. Além disso quando você estava aprendendo a dirigir provavelmente notou que tudo que você olhava pelos retrovisores laterais pareciam estar mais longe do que a realidade. Deve ter notado também que bem nos cantos do retrovisor tudo parece mais distorcido. Muitos retrovisores laterais até possuem uma linha pontilhada na ponta que indica que, a partir dali, a imagem é distorcida demais para ser confiável.

Pois bem, é exatamente isso que as lentes Grande Angulares fazem! Anota aí:

  • Visão bem aberta (com uma lente Grande Angular você consegue fotografar muito do que está à sua volta)
  • Tudo parece mais longe entre si
  • Os cantos ficam distorcidos

Já o retrovisor frontal serve para você olhar quem está vindo de trás, e como é inútil você ver seus passageiros ou o banco traseiro, ele dá um “Zoom” somente na sua janela traseira (é por isso que o espelho tem o formato desta janela.) Por consequência quando você olha por ele tudo parece estar mais perto (inclusive o carro logo atrás da vaga aonde você está tentando estacionar.) Além disso não há nenhuma distorção, muito pelo contrário: tudo parece mais “plano”, menos 3d.

Pois bem, foram ditas aí exatamente as características das Tele Objetivas! Veja só:

  • Visão mais fechada (que a gente acaba chamando de “Zoom”)
  • Tudo parece mais pertinho entre si
  • Perde-se um pouco da tridimensionalidade

E as lentes normais, aonde se encaixam?

Na hora de fazer baliza o segredo é saber que o carro de trás está mais perto do que parece no retrovisor lateral e mais longe do que parece no retrovisor dianteiro, certo? Pois bem, se você pudesse colocar um espelho normal na sua frente, você veria a distância verdadeira que você está do carro de trás. Esse espelho “normal” faz a mesma coisa que a lente normal: mostra as coisas do jeito que o nosso olho vê. A distância entre as coisas, a distorção… é o nosso parâmetro base por causa da nossa visão. As lentes 50mm são dessa categoria!

Descobrir isso foi revelador pra mim, e prova que vejo fotografia em qualquer lugar :P E aí, simplifiquei ou compliquei mais?

Por
Claudia Regina


Gostou deste post ou ele foi útil para você? Então compartilhe ou faça uma doação de qualquer valor para o blog como agradecimento :-)