receba dicas de fotografia
gratuitamente
no seu email! Cadastre-se:


Dicas para Diagramação de Álbuns

Já faz um tempo que Álbuns Diagramados (como os Fotolivros) fazem parte da vida de Fotógrafos, principalmente daqueles que trabalham com Eventos Sociais (como Casamentos.) Só que álbuns assim pedem mais ainda do Fotógrafo. E é por ver muitos colegas se batendo nessa parte que resolvi escrever esse post :)

Diagramação é Design

A primeira coisa a se entender quando falamos de Diagramação é que ela faz parte do Design, e não da Fotografia. Pense em uma revista: quem cuida da Diagramação de seus elementos não é o Redator e sim um Diagramador (ou profissional de Editoração Gráfica, Design ou similar.)


Fotos: Claudia Regina | Diagramação e Fotos do álbum pronto: Va Albuns

O Redator escreve seus incríveis textos (em um editor de textos, tipo o Google Docs) e o Diagramador vai lá e organiza estes textos incríveis no espaço da revista. O objetivo é fazer o texto ficar totalmente legível e bem estruturado. O leitor quer admirar o texto, não a diagramação.

Acontece exatamente assim com os Álbuns Fotográficos: o objetivo é valorizar as fotos.

Por isso não dá pra simplesmente diagramar um álbum sem nenhum conhecimento sobre isso: é preciso estudar Design. Margens. Espaçamentos. Áreas de descanso. Espaço negativo. Tipografia.

Algumas dessas coisas vão de encontro com a Fotografia (como a própria composição) e outras são totalmente diferentes (como o uso de Tipografia.)

Se você não está disposto a aprender Design para fazer seus próprios Álbuns com qualidade considere contratar um profissional desta área! É menos trabalho para você e suas fotos serão valorizadas como merecem.

Por isso nada de preguiça: se o objetivo é montar Álbuns com qualidade é importante ir além da fotografia! Estude Design.

Enfeites e efeitos mirabolantes

Existem clientes para todos os gostos e entendo que muitos procuram uma diagramação que por si só já complementa as fotos. Para esses clientes álbuns com “efeitos”, ilustrações, desenhos, texturas e cores são lindos. Mas lá vai uma opinião pessoal: até gosto de ScrapBooks para fotos pessoais (aquelas que o cliente tira nas férias e que são todas reveladas em 10x15cm), e preferencialmente que seja um ScrapBook real, e não digital. Mas como Fotógrafa Profissional gosto que minhas imagens sejam o centro das atenções :-)

Por isso evito ao máximo efeitos nos meus álbuns: eles têm fotos, e só. E muitas fotos enormes, ocupando a página inteira. E quase nada além disso (um pouco de texto, para título e descrição, e uma ou outra forma geométrica simples.)

Nessa hora o ideal é seguir aquela dica de Albert Einstein:

Tudo deve ser feito da forma mais simples possível, mas não mais simples que isso.

Usar uma diagramação simples é complicado: quando estamos vendo a página diagramada na tela do computador parece simples demais. Mas confia em mim: depois de impresso o Álbum fica muito mais lindo assim, e as fotos ganham total destaque.

Esqueça o Photoshop

Isso é um complemento para o primeiro item que comentei neste post: nenhum diagramador de revistas deste universo faz seu trabalho Photoshop, então por que nós usaríamos esse aplicativo para diagramar álbuns? É possível usá-lo pra isso? Sim. É o ideal? Não.

Mas usa-se o que então? Existem vários aplicativos feitos para Diagramação e um que nenhum usuário de Photoshop vai ter dificuldades em aprender é o Indesign. Por ser também da Adobe a interface já é familiar.

Usar o aplicativo ideal para este fim melhora não só a qualidade do trabalho mas também economiza tempo pra caramba! O seu Workflow agradece :-)

Ps.: para a arte da Capa costumo usar ainda o Photoshop já que a empresa responsável pelos Fotolivros recebe os arquivos em .PSD para checar a altura da Lombada.

Tutoriais de Indesign

Não dá pra ensinar como usar o Indesign em apenas um post, mas existem vários Tutoriais online para você já ir conhecendo. Encontrei posts com dicas básicas bem legais no blog Indesign Upgrade, acho que acompanhar essas dicas é um ótimo começo.

Se houver procura posso fazer um vídeo sobre o assunto, aí já focando mais na diagramação de álbuns de fotografia mesmo :) Então se você tiver interesse nesse conteúdo, diga aí.

Pessoalmente eu até gosto de fazer meus álbuns, mas é algo que toma tempo e por isso ultimamente tenho preferido contratar alguém para cuidar disso pra mim na maioria dos casos.

E digo uma coisa: o mercado para Diagramadores profissionais está escasso aqui no Brasil. Designers que entrarem agora nessa área não terão falta de clientes: fotógrafos não têm mais tempo para essa parte do trabalho e ainda existem poucos profissionais de qualidade. É definitivamente um mercado cheio de oportunidades!

Por
Claudia Regina


Gostou deste post ou ele foi útil para você? Então compartilhe ou faça uma doação de qualquer valor para o blog como agradecimento :-)