Dicas de Fotografia

Como economizar em equipamentos fotográficos

A fotografia é um negócio caro. Desde que eu comecei tive que me virar para conseguir fotografar e trabalhar com isso, pois o dinheiro não estava sobrando. Comprei câmera e lentes usadas. Troquei aulas particulares por luzes de flash. Montei meu próprio estúdio com fundos de tecido e móveis que havia ganhado na sala de casa.

Se você está na mesma situação que eu saiba que é possível brincar (ou trabalhar) com fotografia sem precisar gastar muito.

Primeira opção: não compre

O primeiro passo para não gastar muito é simplesmente não comprar. A indústria adora a fotografia pois consegue nos convencer que é preciso um monte de coisa para conseguir fazer as fotos que gostamos. Pois bem: não é preciso. Qualquer câmera com qualquer lente já é o suficiente para fotografar. Qualquer coisa além disso é luxo.

Durante meus primeiros anos trabalhando com fotografia acumulei muitos objetos que não usava: acessórios, luzes, tripés, gel, caixas e malas. Foi só depois de muito tempo que percebi que somente uma câmera e duas lentes eram o suficiente para trabalhar e fotografar tranquilamente. Pode parecer irresistível, mas nenhuma bugiganga nova que foi lançada neste momento é necessária. Nenhuma.

Segunda opção: faça você!

Estamos na era da especialização onde para cada coisa que queremos fazer existe um produto (ou app!) diferente. Isso não é necessário. Ao invés de comprar todo tipo de rebatedor e difusor que existe no mercado você pode fazer um com tecidos, com isopor branco e com criatividade. Decorar e equipar um estúdio novinho em folha pode custar milhares de reais. O meu custou quase nada: pedi os móveis de presente pra quem estava jogando fora, comprei tecidos e pendurei eu mesma para usar como fundo infinito, pintei e decorei com o que já tinha e troquei os equipamentos por aulas particulares.

Terceira opção: compre usado

Se você não quer ficar sem e nem dá pra fazer de forma artesanal, a melhor saída é comprar produtos usados. A maioria desses produtos está em ótimas condições e, se não estiver, você pode consertar.

Quarta opção: compre em conjunto

Faz parte de um grupo de rede social de fotografia? Participa de encontros mensais com aquela galerinha da sua cidade que gosta de foto? Que tal vocês fazerem uma vaquinha para comprar acessórios que não são muito utilizados? Isso vale para flashes, lentes, modificadores de luz e o que mais vocês quiserem.

Quinta opção: alugue e empreste

Fiz muito isso! Fiquei alguns anos alugando a lente de um fotógrafo da minha cidade até comprar a minha. Emprestei muita coisa também, desde cartões de memória até lentes. Saia pro mundo, encontre uma rede de contatos e ajudem uns aos outros!

compartilhe

sobre a autora

De mãos vazias, Claudia Regina segura a pá. Anda a pé, montada no touro. Cruza a ponte, e ela flui, mas a água não.

claudiaregina.com

anúncios

   http://cursodefotografia.org

quer aprender a fotografar? baixe o livro do
Dicas de fotografia.

é grátis.

↓ eu quero!

perguntas frequentes sobre
fotografia